Pesquisar

quinta-feira, 22 de março de 2012

Fábrica de R$ 6,8 bi vai gerar receita para 12 municípios da região

O governador Beto Richa recebeu nesta quinta-feira a diretoria da Klabin Papel e Celulose e prefeitos de doze municípios dos Campos Gerais e Norte Pioneiro para assinatura de um convênio pelo qual os municípios concordam em compartilhar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) proveniente das operações de uma nova fábrica de celulose que a empresa vai construir no Estado.
O novo empreendimento da Klabin tem investimento previsto de R$ 6,8 bilhões, e será enquadrado no programa de incentivos fiscais Paraná Competitivo. A produção projetada é de 1,5 milhão de toneladas de celulose por ano e deve iniciada ao final de 2014.A sede da nova fábrica, que ainda está em estudo, será em um dos 12 municípios conveniados: Cândido de Abreu, Congoinhas, Curiúva, Imbaú, Ortigueira, Reserva, Rio Branco do Ivaí, São Jerônimo da Serra, Sapopema, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania.
Participaram do encontro os deputados estaduais Alexandre Curi e Cleiton Kielse, os prefeitos de Congoinhas, Luiz Henrique Cursino; Imbaú, Lauir de Olveira; Ortigueira, Geraldo Magela do Nascimento; Reserva, Frederico Bittencourt Hornung Neto; Rio Branco do Ivaí, Rui Manoel Lopes dos Santos; São Jerônimo da Serra, Carlos Sutil; Telêmaco Borba, Eros Danilo Araújo; Tibagi, Silval Ferreira da Silva; e de Ventania, Ocimar Bahanert de Camargo; além dos diretores Klabin na área jurídica, Joaquim Miro Neto; planejamento, Francisco Razzolin; e o diretor florestal, José Artemio Totti. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia