Pesquisar

quinta-feira, 15 de março de 2012

Richa lança programa social para atender 100 mil famílias

O governador Beto Richa e a secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, lançaram nesta quarta-feira (14/03), em Curitiba, o programa Família Paranaense. A iniciativa tem como objetivo reduzir o grau de vulnerabilidade social de 100 mil famílias de cerca de 300 municípios até 2014.


Beto Richa afirmou que é inadmissível que um terço da população paranaense viva em municípios com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) inferior a média brasileira. Por isso, destacou ele, todos os setores do governo estadual devem concentrar esforços na melhoria da qualidade de vida das famílias paranaenses e combate à pobreza. Ele disse que o trabalho social que realizou como prefeito de Curitiba permitiu tirar 60% da população mais carente da cidade da condição de extrema pobreza.

Serão analisados requisitos como renda, situação do domicílio, trabalho infantil, falta de acesso aos serviços públicos, situações de violência, pessoas com deficiências, uso de drogas, entre outros fatores sociais.

A perspectiva do governo estadual é iniciar o programa em 30 municípios. O mapeamento das cidades prioritárias é feito com base em três critérios: menor Índice Ipardes de Desempenho do Município (IPDM), maior percentual de extrema pobreza e avaliação da gestão da política de assistência social municipal.

Outros índices considerados são: grande concentração de moradias precárias, baixa taxa de aprovação escolar e alto índice de gravidez na adolescência. Entre os municípios apontados pelo mapa social estão as cidades de Cruz Machado, Santa Cecília do Pavão e São Jerônimo da Serra, que demonstraram fragilidade nas áreas de saúde, habitação e educação.

Para o prefeito de Santa Cecília do Pavão, Edimar Santos, a iniciativa será fundamental para que o município de três mil habitantes reduza o número de pessoas em situação de risco social e de vulnerabilidade. “É o resgate da dignidade e o começo da redução de um problema sério do Paraná”, disse o prefeito. Ele também destacou que moradia é o principal item que compromete a qualidade digna de vida no município.


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia