Pesquisar

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Programa do governo fará mais 5 mil domicílios no Paraná



Credito:  Arquivo O Governo do Paraná divulgou na quinta-feira (12) que a segunda etapa do programa Minha Casa, Minha Vida irá contemplar cidades com até 50 mil habitantes com 5.128 novos domicílios, para famílias com renda mensal de até R$ 1,6 mil. A Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) é a responsável por acompanhar as obras e trabalhará a disposição das prefeituras para atender as famílias.

Nesta nova fase serão 2.582 municípios de todo o Brasil serão beneficiados com 107.348 unidades. O custo total é de R$ 2,8 bilhões. O governo federal vai oferecer subsídio de R$ 25 mil por moradia.
Os municípios de Andirá, Arapoti, Assis Chateubriand, Bandeirantes, Coronel Vivida, Goioerê, Guaratuba, Ibaiti, Imbituva, Ivaiporã, Jaguariaíva, Mandaguari, Ortigueira, Pinhão, Pitanga, Piraí do Sul, Prudentópolis, Quedas do Iguaçu, Reserva, Santo Antônio da Platina receberão 50 casas cada.

As demais cidades contempladas devem receber entre 15 a 40 casas cada. Veja quais são:

Abatiá, Altamira do Paraná, Alto Paraíso, Alto Paraná, Alto Piquiri, Amaporã, Antonina, Assaí, Barbosa Ferraz, Bela Vista do Paraíso, Bituruna, Boa Vista da Aparecida, Borrazópolis, Cafezal do Sul, Campina da Lagoa, Campina do Simão, Campo Bonito, Campo do Tenente, Cândido de Abreu, Candói, Cantagalo, Capitão Leônidas Marques, Catanduvas, Clevelândia, Congonhinhas, Cruz Machado, Cruzeiro do Oeste, Cruzeiro do Sul, Curiúva, Diamante do Sul, Espigão Alto do Iguaçu, Fênix, Fernandes Pinheiro, Flórida, Foz do Jordão, General Carneiro, Grandes Rios, Guaíra, Guamiranga, Guaraniaçu, Guaraqueçaba, Honório Serpa, Ibema, Icaraíma, Iguatu, Imbaú, Inácio Martins, Inajá, Iracema do Oeste, Iretama, Itaguajé, Itaipulândia, Ivaí, Jacarezinho, Jataizinho, Jesuítas, Laranjal, Laranjeiras do Sul, Lindoeste, Mangueirinha, Mariluz, Mariópolis, Matelândia, Mato Rico, Mauá da Serra, Moreira Sales Nova Aurora, Nova Cantu, Nova Laranjeiras, Nova Santa Bárbara, Nova Tebas, Palmital, Peabiru, Piên, Prado Ferreira, Primeiro de Maio, Querência do Norte, Rancho Alegre D'Oeste, Realeza, Rebouças, Rio Bonito do Iguaçu, Roncador, Rosário do Ivaí, Salto do Itararé, Santa Amélia, Santa Cecília do Pavão, Santa Cruz de Monte Castelo, Santa Helena, Santa Izabel do Oeste, Santa Lúcia, Santa Maria do Oeste, Santana do Itararé, Santo Antônio do Sudoeste, São Jerônimo da Serra, São João do Caiuá, São João do Ivaí, São Jorge d'Oeste, São José das Palmeiras, São Mateus do Sul, São Miguel do Iguaçu, São Pedro do Iguaçu, São Sebastião da Amoreira, Sengés, Tamarana, Terra Roxa, Tibagi, Três Barras do Paraná, Tupãssi, Turvo, Ubiratã, Ventania, Vera Cruz do Oeste, Vitorino e Wenceslau Braz.

4 comentários:

  1. Cade as 50 casas que o prefeito prometeu para Terra Nova, por que nesse documento diz que pra São Jerônimo da Serra só foi liberado 40 casas, certo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo sobre esse assunto não estou a par, mas vou verificar e te passo essa informação nos próximos dias.

      Excluir
    2. meu amigo de acordo com os responsáveis pelo cadastramento, serão 100 casas em São Jerônimmo da Serra e 40 casas na Terra Nova.

      Excluir
  2. Ou essa nota do governo do Parana que foi divulgado em vários veiculos de comunicação está errada, pois afirma que em São Jerônimo da Serra será 40 casas ou mais uma vez estamos sendo enganados. Eu sinceramente gostaria de acreditar na primeira hipótese. Mais por se tratar de estarmos em um ano politico, Sinto muito mais pra mim isso é só um meio de enganar o povo usando da sua boa fé para novamente serem eleitos na proxima eleição.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário sobre essa notícia