Pesquisar

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Ministério Público Federal vai investigar 14 municípios sobre a merenda escolar

O Ministério Público Federal (MPF) estendeu a investigação sobre a merenda a outros 14 municípios. O órgão analisa possíveis irregularidades na preparação e manutenção dos alimentos, assim como a suposta precariedade no lanche em alguns estabelecimentos de ensino.
Entram na mira do MPF Centenário do Sul (86 km de Londrina), Congoinhas (87 km), Cornélio Procópio (70 km), Figueira (112 km), Florestópolis (66 km), Guaraci (78 km), Ibiporã (16 km), Jaguapitã (55 km), Jataizinho (25 km), Leópolis (62 km), Miraselva (62 km), Nova América da Colina (59 km), Nova Fátima (81 km) e Nova Santa Bárbara (84 km).
As portarias comunicando o início do inquérito civil público foram publicadas no Diário Oficial da União desta quarta-feira (16), um dia depois do aviso das investigações em outros cinco municípios: Alvorada do Sul (71 km de Londrina), Arapongas (37 km), Assaí (43 km), Bela Vista do Paraíso (42 km) e Cambé (16 km).
A denúncia de falhas na merenda foi feita por meio de uma reportagem do programa Fantástico da Rede Globo. A matéria demonstrava inadequação dos produtos e da confecção dos alimentos. O Ministério Público Federal, baseado em diversas leis que colocam a alimentação como um direito do ser humano, abriu a investigação para apurar as denúncias.
O inquérito tem um ano para ser finalizado, em virtude da complexidade e de abrangência do objeto de estudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia