Pesquisar

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Homem mata ex-mulher e amante em Ventania

Assassino deixou arma cravada no peito da mulher

A cidade de Ventania (50 quilômetros de Ibaiti) amanheceu em choque neste domingo (16). Um duplo homicídio motivado por ciúmes ocorreu na madrugada, no centro da cidade.
Um homem acabou tirando a vida da ex-mulher, a dona de casa Tânia Cristina Soares de Almeida, de 26 anos de idade, com uma punhalada no peito, e seu atual namorado, José Maikon de Oliveira (25), com um tiro de espingarda.
O ex-marido, Antonio Ferreira dos Santos, ainda deixou a arma (punhal) cravada no peito da mulher que foi encontrada deitada na cama do casal.
O corpo de José Maikon foi encontrado cerca de 200 metros da casa de Tânia, em frente ao Posto Mileniun. Além do tiro foram encontradas cerca de nove perfurações de punhal nas costas do rapaz. A polícia acredita que o assassino esperou o namorado sair da casa e em perseguição atirou pelas costas, quando a vítima caiu recebeu os golpes de punhal. Em seguida o ex-marido assassino voltou até a residência e apunhalou a mulher no peito quando ainda estava deitada na cama.
Após o crime, o assassino ligou para seu sobrinho e confessou que havia acabado de matar a ex-mulher. Ele disse ao rapaz que já havia avisado a ex-esposa para não levar homens para sua residência por causa de seus filhos.
A ocorrência foi atendida pelos soldados Rocha e Quadros que estavam de plantão. Os policiais militares encontraram uma espingarda artesanal na casa do ex-marido, cerca de 200 metros da residência de Tânia. A arma apreendida pelos policiais pode ter sido a mesma que foi usada para matar José Maikon. Ela estava descarregada e irá passar pelo exame no Instituto de Criminalística para comprovar se foi usada no crime. O corpo do casal foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa.
A Polícia Civil de Tibagi instaurou inquérito policial para apurar o caso. O ex-marido assassino fugiu da cena do crime. Ele está sendo procurado.

Tanosite

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia