Pesquisar

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Vítima de acidente com ônibus de estudantes é transferida para UTI


Luiz Guilherme Brandani
Vítima foi transferida após passar por exames de raio-x em Ibaiti

Hospital não confirmou estado de saúde da estudante de matemática

A estudante de matemática da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Ana Aline de Carvalho, 18 anos, é a vítima mais grave do acidente entre o ônibus de estudantes de Ibaiti e um caminhão de Pinhalão, ocorrido na noite de terça-feira na BR-153, próximo ao trevo de Jundiaí do Sul. Ela está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Cornélio Procópio.
No acidente, Ana sofreu fraturas em um dos braços, laceração nas pernas e nádegas, além de suspeita de fratura em uma das pernas. Segundo informações de uma enfermeira padrão - que preferiu não se identificar - da Fundação Hospitalar de Ibaiti, onde a jovem recebeu o primeiro atendimento, foram realizados exames de raio-x e por volta da meia noite,e a paciente foi transferida com auxilio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para a Santa Casa de Cornélio Procópio.
A reportagem da Tribuna do Vale entrou em contato com o setor da UTI do hospital, onde a estudante está informada, mas os atendentes se recusaram a divulgar o estado de saúde da vítima, dando prioridade apenas à família. As funcionárias em nenhum momento confirmaram ou não o risco de morte da paciente, nem se ela passou por cirurgias e quais foram os ferimentos. A reportagem tentou, ainda, contato com o diretor do hospital, identificado apenas como Oswaldo, mas ele também não quis passar informações, alegando que somente o médico plantonista teria competência para tanto. Novamente em contato com o hospital, o médico não foi localizado.
Ainda no local do acidente, o motorista do caminhão, Luciano Pancieli Francisquini, 52, foi submetido ao teste do bafômetro que apontou 1,4. O tolerado por lei, segundo a polícia, é 0,13. O motorista foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Joaquim Távora. Há informações que ontem, Francisquini foi transferido para a delegacia de Santo Antônio da Platina, o que não foi confirmado no local.
Acidente
A colisão aconteceu pouco depois das 18 horas na BR-153, próximo ao trevo de Jundiaí do Sul. Um caminhão Ford 11000, com placas de Pinhalão viajava pela BR-153, no sentido Santo Antônio da Platina/Ibaiti e bateu violentamente em um ônibus onde viajavam 34 estudantes que seguia no sentido contrário no quilômetro 68 da rodovia. O ônibus levava estudantes de Ibaiti para faculdades de Santo Antônio da Platina e Jacarezinho.
Em princípio, a hipótese mais clara é que o caminhão tenha invadido a pista contrária. Com o impacto, pedaços da carroceria de madeira do caminhão invadiram o interior do ônibus atingindo o motorista e outros três estudantes. O motorista do caminhão e o passageiro também se feriram.
O motorista do ônibus, Alcides Tavares, 57, teve ferimentos leves e recusou ser encaminhado ao hospital. Já o condutor do caminhão, Luciano Pancieli Francisquini, que reclamava de dores no braço esquerdo, também recusou atendimento médico. O passageiro do Ford 11000, Josias Alexandre Mariano, 24, sofreu apenas escoriações. As outras duas vítimas são Kássia Helen Dal Santo Decol, 20, e Luiz Henrique Silva Satiko, 18. Nenhum corre risco de morte.

Tanosite

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia