Pesquisar

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Polícia encontra corpo de jornalista; acusado é preso

O corpo do jornalista Anderson Leandro da Silva, de 38 anos, que estava desaparecido há oito dias, foi encontrado durante a tarde desta quinta-feira (18) pela polícia em um matagal localizado na área rural do município de Quatro Barras, na região metropolitana de Curitiba. Silva foi assassinado a facadas. O corpo dele já estava em estado de putrefação.

A polícia também já prendeu o acusado de assassinar o jornalista. Henrique Weslley Oliveira Woisky, de 20 anos, confessou o crime. Segundo a polícia, ele teria matado o jornalista após descobrir o envolvimento da vítima com a sua esposa. O crime é passional e não tem relação com a profissão de Silva.
Woisky, após ser preso, teria levado os policiais até o local onde o corpo do jornalista estava enterrado.
O carro do jornalista - uma van Kangoo (AON-8615) - também foi encontrado no local. De acordo com informações do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), o assassino teria atraído o jornalista para o município de Quatro Barras fingindo ser um possível cliente, interessado no trabalho oferecido pela produtora de Silva. A vítima teria sido assassinada na quarta-feira da semana passada, no mesmo dia em que foi visto pela última vez por familiares.
O trabalho de investigação foi realizado pelo setor de Inteligência da Polícia Civil de Curitiba, com a ajuda de denúncias anônimas. (com informações do repórter Rodrigo Batista, da Equipe Bonde Curitiba)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia