Pesquisar

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Governo autoriza aumento de 4,69% no pedágio

Novos valores das tarifas nas 27 praças do Paraná entrarão em vigor à zero hora de sábado. Em Jataizinho, preço para carros de passeio sobe R$ de 12,80 para R$ 13,40. Pelo segundo ano consecutivo concessionárias não precisaram recorrer à Justiça para fazer valer cláusula contratual

Na madrugada deste sábado as tarifas de pedágio cobradas no Paraná subirão 4,69%, em média. O aumento foi autorizado ontem pelo Departamento de Estradas e Rodagens (DER) do governo do Paraná, órgão encarregado de avaliar a proposta enviada anualmente pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR). Pelo segundo ano consecutivo de governo Beto Richa (PSDB) as seis concessionárias que operam no Paraná não precisaram recorrer à Justiça para elevar o preço cobrado nas 27 praças de pedágio. Durante a administração anterior, de Roberto Requião (PMDB), o governo vetava os reajustes levando o assunto para os tribunais. 

Os maiores valores continuam sendo cobrados na praça de pedágio de São José dos Pinhais (veja quadro), administrada pela Ecovia, onde carros de passeio pagam R$ 14,60, caminhões leves desembolsam R$ 24,60 e motos R$ 7,30. A rodovia é caminho para o litoral paranaense e para os portos de Paranaguá e Antonina. O segundo conjunto mais oneroso de tarifas é cobrado perto de Londrina, em praças de pedágio administradas pela Econorte. Em Jataizinho, por exemplo, a partir de sábado a tarifa para carros de passeio sobe de R$ 12,80 para R$ 13,40, caminhões leves de R$ 20,80 para R$ 21,80 e motocicletas de R$ 6,40 para R$ 6,70. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia