Pesquisar

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Pacientes acionam a polícia por falta de atendimento em Hospital

A PM foi até o local e orientou os pacientes a procurarem a Justiça e o Ministério Público

Duas pessoas acionaram a Polícia Militar na última quinta-feira (29), para denunciar a falta de atendimento da Santa Casa de Cornélio Procópio. De acordo com a Polícia Militar, às 11h20, um homem de 40 anos, disse que seu filho de 10 anos estava passando mal e que foi informado na recepção do hospital que o médico do SUS chegaria somente às 18h.
A atendente teria ainda sugerido que o pai levasse o filho para uma consulta particular, o que revoltou o homem.
Mais tarde, por volta das 17h, mais uma pessoa chamou a polícia até o local. Neste caso, um homem de 41 anos, que estava com a perna quebrada, disse estar esperando por atendimento desde às 9h30 da manhã. Irritado com a situação, o paciente resolveu chamar a PM para registrar boletim de ocorrência.
A PM foi até o local e orientou os pacientes a procurarem a Justiça e o Ministério Público.
Durante a confusão, uma recepcionista da Santa Casa também acionou a PM. Ela afirma ter sido ameaçada e ofendida verbalmente por um homem de 52 anos. As ameaças teriam acontecido depois que o hospital recusou internar um paciente. Ambos foram levados para a delegacia para lavrar um Termo Circunstanciado.
O Bonde entrou em contato com a Santa Casa de Cornélio para averiguar a atual situação do Pronto Socorro, mas o responsável não quis atender a reportagem por telefone.

Com informações do Portal Bonde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia