Pesquisar

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Filho com distúrbios mentais mata pai a marteladas

Um homem de 60 anos, funcionário da delegacia de Jandaia do Sul, foi morto com golpes de martelo pelo próprio filho, que tem distúrbios mentais, na noite de terça-feira (18), em Jandaia do Sul, município a 18 km de Apucarana. 

Segundo informações da Polícia Militar, Anderson Schotke Celine desferiu vários golpes de martelo na cabeça do pai e seguiu até a casa do escrivão da cidade. Quando chegou ao local e não encontrou o escrivão, o homem de 36 anos começou a dizer a populares que havia matado o pai e que o corpo dele estava em sua residência. 

A PM foi acionada e ao chegar na casa da vítima, Genésio Celine, a encontrou caída com o rosto desfigurado devido aos golpes. O martelo utilizado na agressão estava ao lado do corpo. Genésio foi socorrido pelo Samu e agentes da Defesa Civil da cidade, mas morreu a caminho do hospital. 

Anderson recebeu voz de prisão, mas devido a sua condição, foi encaminhado a um hospital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia