Pesquisar

domingo, 30 de junho de 2013

Manifestantes começam caminhada rumo ao Maracanã


Um grupo de manifestantes deixou há pouco a Praça Saenz Penã, na Tijuca, em direção ao Maracanã, onde neste domingo acontecerá a final da Copa das Confederações, entre Brasil e Espanha, a partir das 19 horas. Até o momento, o protesto no Rio segue sem violência pela Rua Conde de Bonfim, acompanhado por policiais. O movimento calcula que estejam presente ao evento em cerca de quatro mil pessoas.

Entre os manifestantes estão alguns políticos, como o deputado federal Chico Alencar e o vereador Eliomar Coelho, ambos do PSOL. Integrantes do partido, segundo eles, apoiam o movimento, mas optaram em vir sem bandeiras à manifestação deste domingo.

Chico Alencar lembrou que o PSOL foi contra a Lei Geral da Copa e o regime diferenciado de contratação. "Queremos que a memória dessa juventude seja ativada para que não ache que todos os políticos são ladrões. É preciso separar o joio do trigo", disse o deputado.

O integrante do Comitê Popular da Copa, Renato Cosentino, espera não encontrar barreiras policiais no caminho até o Maracanã. "Temos o direito constitucional de nos manifestarmos e chegar até o estádio. Não faz sentido um jogo com 70 mil torcedores levar 11 mil policiais às ruas. Isso mostra que os eventos organizados pela Fifa e outras organizações privadas não são feitos em benefícios públicos", reclamou.

Agência Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia