Pesquisar

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Richa defende nomeação de acusado de desviar recursos

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), defendeu na última quinta-feira (27) a nomeação de Ezequias Moreira para o cargo de secretário Especial de Cerimonial e Relações Internacionais do Estado. De acordo com reportagem do G1 PR, Richa declarou que Moreira já fazia parte de seu governo. "Ele já era do meu governo. Não sei que surpresa é essa", disse. 

Ezequias possuía um cargo de direção na Sanepar. Ele é acusado de desviar de dinheiro público. Moreira teria recebido por 11 anos o salário da própria sogra, nomeada por ele para ocupar, na época, um cargo na Assembleia Legislativa. O novo secretário chegou a confessar o crime e devolver R$ 540 mil recebidos irregularmente. Ainda assim, ele responde pelo caso na Justiça e graças ao novo cargo passa a ter foto privilegiado. 

Durante a entrevista, Richa salientou que o novo secretário ainda não foi condenado. "É um cargo até menos importante do que ele ocupava antes. De mais a mais ele não está condenado", finalizou. 

(Com informações do G1 PR)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia