Pesquisar

domingo, 28 de julho de 2013

Quais são as principais disfunções sexuais femininas?

Muitas mulheres dizem não gostar do ato sexual e mantêm uma aversão a qualquer tipo de contato íntimo com o parceiro. 

Este termo 'disfunção sexual' é usado para aquelas situações em que os componentes orgânicos da resposta sexual apresentam alguma alteração, interferindo na resposta da expressão sexual humana. A disfunção sexual feminina é um ''bloqueio'' da resposta sexual natural esperada e se manifesta de diversas maneiras, impedindo o bom relacionamento de casais

Os problemas sexuais podem evoluir a partir de fatores não sexuais, como doenças orgânicas, depressão, estresse, pressões psicológicas, financeiras etc. Mas também podem estar ligados às seguintes disfunções: 

Anorgasmia - consiste na dificuldade feminina em atingir o orgasmo, mesmo tendo uma fase de excitação normal, partindo de uma estimulação adequada tanto em relação ao tempo como em intensidade. A anorgasmia pode ser primária, secundária, absoluta, relativa ou situacional. 

A mulher anorgásmica tende a se sentir diminuída e inferiorizada. As causas psicológicas são os determinantes mais frequentes. 

Vaginismo - O medo da penetração, a associação do sexo à dor é a causa imediata do vaginismo. Se origina de um trauma, como um estupro, ou falta de orientação sobre a primeira relação sexual. É uma disfunção de origem psicológica. 

Grande número de casamentos não consumados são de mulheres vagínicas. Geralmente pacientes vagínicas não têm problemas de desejo, nem de excitação e nem de orgasmo, desde que não sejam penetradas. O vaginismo pode ser primário ou secundário. 

Dispareunia -  É o nome científico que recebe a dor que a mulher tem durante a penetração, que a impede de ter uma relação sexual completa e satisfatória. São de causas orgânicas, como exemplo: infecções e irritações vaginais, ou nas vias urinárias e ressecamento das paredes vaginais (falta de lubrificação). É indispensável o exame ginecológico 

Anafrodisia -  Também chamada de I.D.S. (Inibição do Desejo Sexual) - É redução ou ausência total de desejo sexual. Falta de sentimentos eróticos, muitas vezes sentindo a relação sexual como um castigo. Tem sempre presente uma desculpa pronta para evitar a relação sexual. As causas são geralmente de origem psicológica. 

A falta de desejo pode estar associada a situações traumáticas vivenciadas durante infância. Uma mulher diante de uma destas disfunções deve procurar ajuda, já que os estudos comprovam que os tratamentos têm eficácia de 95%. 

Marilandes R. Braga, psicóloga e terapeuta sexual
Sexo e Comportamento - Folha de Londrina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia