Pesquisar

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Santa Cecília do Pavão pede ajuda após chuva de granizo

Santa Cecília do Pavão precisa de ajuda para recompor estragos de temporal mais de 380 casas tiveram telhas quebradas e perfuradas por chuva de granizo. Famílias perderam roupas, alimentos, móveis e outros objetos 

Moradores de Santa Cecília do Pavão, a 67 quilômetros de Londrina, precisam de apoio para recuperar estragos causados pela chuva de granizo que atingiu o município no último sábado. Mais de 380 casas tiveram telhas quebradas e perfuradas por pedras de gelo. Além disso, famílias perderam roupas, alimentos, móveis, eletrodomésticos e outros objetos, danificados pela água da forte chuva. 

O deputado estadual Tercilio Turini, o coordenador da Região Metropolitana de Londrina, Victor Hugo Dantas, o prefeito Padre Zezinho, o vice Pedro Mingote e secretários visitaram nesta segunda-feira (22) de manhã bairros atingidos pelo temporal para verificar a situação das famílias. A Prefeitura de Santa Cecília do Pavão decretou estado de emergência e já distribuiu mais de 15 mil metros quadrados de lonas para os moradores cobrirem os telhados das casas. 

"Fizemos contatos com a Defesa Civil do Paraná e o Provopar estadual, relatamos os problemas e pedimos o envio urgente de telhas, colchões, agasalhos e alimentos. São as principais necessidades num primeiro momento, para as famílias poderem se manter nas casas. Esperamos a rápida liberação e atendimento dos pedidos para ajudar a população de Santa Cecília do Pavão", disse o deputado Tercilio Turini. 

A Prefeitura calcula que precisará repor 15 mil folhas de telhas de amianto. A secretária municipal de Ação Social, Queidma Harsche, pede a colaboração de quem puder ajudar principalmente com roupas, cobertores, colchões e alimentos. "Muitas famílias perderam quase tudo que tinham. A situação é de emergência e contamos com a solidariedade de todos", afirmou. 


Contatos para doações podem ser feitos pelo telefone (43) 3270.1123 e E-mail: acaosocialpavao@yahoo.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia