Pesquisar

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Paraná vai implantar política de controle de cães e gatos

O Paraná vai implantar política estadual para o controle da população de cães e gatos. Neste sábado (31), a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos promove o 1.º Seminário Regional para Elaboração da Política Estadual de Controle Ético, para, pela primeira vez, discutir diretrizes e ações com a sociedade e especialistas. O seminário será das 8h às 18 horas, em Cornélio Procópio, no Norte do Estado. 

A nova política deve determinar medidas como: coibir as práticas que submetam os animais a situações de violência e crueldade, apontar soluções éticas para o controle populacional e incentivar que os direitos animais sejam incluídos na educação ambiental. 

"A relação homem-animal traz benefícios mútuos. É preciso garantir em lei o direito à vida, à liberdade e ao trato digno desses animais, a partir de uma política inovadora", afirma secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Luiz Eduardo Cheida. 

Entre as ações que serão debatidas estão a implantação de sistema de identificação e registro, esterilização de forma massiva e contínua, campanhas de adoção, fiscalização e controle dos criadouros e programas educativos em guarda responsável. 

A Secretaria promoverá seminários regionais para o assunto em todo o Paraná. "A intenção é reunir, no final, os principais problemas e soluções de cada região, relacionados ao controle populacional desses animais que integrarão o programa estadual", informou a coordenadora da Agenda 21 Paraná e organizadora dos eventos, Rosana Gniper.

Agência Estadual de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia