Pesquisar

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

UFPR investirá R$ 42 mi no câmpus de Jandaia do Sul

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) vai investir R$ 42 milhões, em três anos, para estruturar o campus da instituição no município de Jandaia do Sul, no Norte do Estado. A informação é do pró-reitor de Administração, Álvaro Pereira de Souza, que esteve naquela cidade para realizar contatos políticos e continuar com a prospecção de possíveis áreas para a instalação da unidade, aprovada em abril deste ano. A direção da UFPR, com o reitor Zaki Akel Sobrinho à frente, pretende definir o terreno do futuro campus até agosto.
Álvaro de Souza foi recebido em uma reunião com o prefeito Dejair Valério (PTC); com o presidente da Frente Parlamentar da Educação do Congresso Nacional, deputado Alex Canziani (PTB); e com o ex-prefeito e ex-deputado federal José Borba, além de outros oito convidados, entre lideranças e empresários locais, que estiveram no gabinete do prefeito.
A UFPR pretende começar oferecendo cinco cursos, inclusive com alguns iniciando no segundo semestre do ano letivo de 2014. Para isso, pretende realizar uma parceria com a Faculdade de Jandaia do Sul (Fafijan), mantida pela Fundação Educacional Jandaia do Sul, para dar início às aulas em local provisório. Os cursos ainda serão definidos pelo Conselho Universitário da universidade, mas já se sabe que serão três da área de engenharia e duas de licenciatura.
O campus da Universidade Federal do Paraná será o terceiro da instituição fora da capital paranaense. Para o deputado federal Alex Canziani (PTB), é uma conquista que vai beneficiar toda a região, não apenas Jandaia. Canziani foi quem articulou a ida do câmpus para o local.
Segundo o presidente do Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi) do Vale do Ivaí, Plácido Caldas Filho, que também esteve presente no encontro com o pró-reitor, a instalação da universidade é, dede já, a maior conquista dos 61 anos da cidade de Jandaia do Sul.
CNC Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia