Pesquisar

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

PSDB adere ao governo Eduardo Campos, em Pernambuco

Encabeçando dois projetos nacionais de oposição para 2014, PSDB e PSB reforçam as alianças regionais nesta semana, ao anunciar a adesão dos tucanos de Pernambuco ao governo de Eduardo Campos. Os tucanos devem ocupar os espaços abertos pelo PTB, que deixou o governo para disputar o comando do Estado ao lado do PT em 2014.
Em nota divulgada no site do PSDB em Pernambuco nesta segunda-feira (30), o partido diz que “além de parceiros na gestão de Pernambuco, PSDB e PSB trabalham coligações para as eleições de 2014”.
— O PSDB já é parceiro do PSB em vários estados do Brasil, a exemplo de São Paulo e Minas Gerais. União que se estende também em muitos municípios do Estado, resultante, inclusive, das últimas eleições municipais. Fortalecendo essa parceria, o PSDB fará parte agora do governo Eduardo Campos.
Na mensagem, os tucanos destacam que “o PSDB sempre foi um partido independente, no que se refere ao exercício dos mandatos de seus deputados estaduais, que cumpriram com seu papel de fiscalizar o governo”.
Recentemente, o pré-candidato tucano à Presidência, senador Aécio Neves (MG), perdeu a disputa com Eduardo Campos pelo apoio, em nível nacional, do PPS para a eleição de 2014. Mas o presidente da legenda, deputado Roberto Freire (SP), disse que estará ao lado de qualquer que seja o candidato opositor que for para o segundo turno contra a presidente Dilma Rousseff.
Do R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia