Pesquisar

sábado, 4 de novembro de 2017

Índios do Paraná querem representação


O líder índio Payakan Gadje, disse ontem para integrantes  da tribo de Apucaraninha, no município de Tamarana que os 40 mil índios, das 35 aldeias paranaenses e de quase 300 grupos de etnias escolherão candidato a deputado estadual e a federal que tenham compromisso com os índios.

Depois de uma análise criteriosa, a escolhida para disputar para a câmara federal é a índia caingangue Genilda Tapixi, nascida na aldeia da reserva Barão de Antonina, localizada no município de São Jerônimo da Serra.

Pela história de lutas em favor da natureza e do meio ambiente, Lindolfo Junior foi escolhido como pré-candidato a estadual pelo grupo. No entanto, ele ainda não decidiu se será candidato em 2018, pois pretende disputar a prefeitura de Maringá, em 2020.


“Genilda é filha de cacique, já teve até assento na ONU, e Lindolfo é preparado para lutar por nós”, disse na reunião um dos líderes indígenas.

Com informações: http://blogs.odiario.com/dinizneto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia