Pesquisar

quarta-feira, 28 de março de 2018

Mais detalhes sobre a prisão de vereador em São Jerônimo da Serra

Três pessoas foram presas em São Jerônimo da Serra, no norte do Paraná, durante uma operação realizada pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) nesta quarta-feira (28). Entre os presos estão o vereador Josias Bueno Ribeiro (PPS), a esposa, Michele da Silva Alves, e a sogra dele, Ilma da Silva Alves.

O advogado Fábio Maximiniano de Souza, responsável pela defesa dos três presos, informou que realiza uma análise dos autos e que pretende pedir a liberdade deles ainda nesta quarta-feira. O promotor Danillo Paz Leme explicou que as prisões preventivas, por tempo indeterminado, foram decretadas depois da família do vereador ameaçar a mãe de uma vítima de estupro.

“Há uma ação penal relacionada ao caso de um estupro a vulnerável que envolve o tio da esposa do vereador. A mãe da vítima nos procurou para relatar que estava sofrendo ameaça do abusador. A Justiça decretou a prisão dele, mas esse homem está foragido. Depois disso, a esposa e o vereador passaram a ameaçá-la e ofereceram dinheiro para que ela retirasse a medida protetiva”, detalhou o promotor.

Conforme o MP-PR, após essa oferta a mulher procurou a promotoria. Leme detalha que a família do vereador ofereceu R$ 3 mil para retirar a denúncia, e que esse dinheiro seria pago por intermédio de um advogado. “Acompanhamos o dia marcado para a entrega do dinheiro. Filmamos a mulher entrando e saindo do escritório do advogado e gravamos o áudio da conversa. As ameaças continuaram depois desse episódio. Com essas provas, pedimos a prisão dos envolvidos”, pontou Danillo Paz Leme.

Além das prisões, o MP-PR apreendeu documentos na casa do parlamentar e no escritório do advogado envolvido, cheques, uma arma de fogo e munição.
O promotor Danillo Paz Leme informou que os três podem responder pelos crimes de coação do curso do processo e falso testemunha sobre a modalidade de compra de testemunhas.




G1 Pr 

Vereador de São Jerônimo da Serra é preso nesta quarta feira


Uma Operação Policial nesta madrugada, levou à prisão preventiva de um Vereador, esposa e Sogra em São Jeronimo da Serra.

Segundo informações, o Vereador Josias Bueno Ribeiro do PPS, foi preso em operação da Polícia Militar de Assaí, Rotam e P2 de Cornélio Procópio, no Distrito de São João do Pinhal.

A operação foi uma solicitação do Ministério Público da cidade tendo como motivo, "Coação no Curso de um Processo" em andamento.

No momento do Cumprimento de Mandado Judicial foi encontrado pelos Policiais na residência do mesmo, um revólver Cal 22, além de munições.

O conduzido Josias B Ribeiro, foi encaminhado para a 33ª Delegacia Regional de Polícia, onde foi apresentado para o Dr. Flávio Junqueira, delegado da cidade, que lavrou o Flagrante do referido conduzido pelo crime de Posse de Arma de Fogo.

Observando que não foi arbitrada a Fiança, porque havia contra o mesmo, um Mandado de Prisão Preventiva.

Tanto a esposa como a sogra foram detidas em razão de cumprimento de Mandado de Prisão Preventiva, ficando presas na Cadeia Pública, á disposição da Justiça.

Tanto o Vereador bem como a esposa e sogra estão na Delegacia da cidade e ficarão em Prisão Preventiva.


Blog Chaquinhas

terça-feira, 27 de março de 2018

Em operação, MP prende cinco suspeitos de fraudar licitações

Cinco mandados de prisão temporária e 12 mandados de busca e apreensão foram cumpridos na manhã desta segunda-feira (26), em residências e empresas nos municípios de Cambará e Jacarezinho, como parte de operação do Ministério Público do Paraná, batizada de Tentáculos do Norte. A ação decorre de investigações envolvendo um grupo de empresas suspeitas de fraudar licitações em diversos municípios da região.
O trabalho de apuração, realizado pelo Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria) do Norte Pioneiro, pela 2ª Promotoria de Justiça de Cornélio Procópio e pela Promotoria de Justiça de Cambará, indicou a formação de um grupo de empresas, todas com ligação entre si e chefiadas pelas mesmas pessoas, com a finalidade de fraudar licitações. As fraudes foram realizadas pelo ingresso simultâneo em licitações e uso de empresas em nome de “laranjas”, além da atuação do grupo em dispensas de licitações direcionadas.
Foram presos temporariamente quatro empresários e um servidor público de Cambará.
Colaboração MPPR

segunda-feira, 26 de março de 2018

O problema do Brasil é o povo brasileiro


Ultimamente virou moda manifestações de protestos e com a célebre frase: “queremos mudar o Brasil”. Infelizmente não podemos dar crédito a estes supostos manifestantes, porque são estes os mesmos que praticam atos e atitudes de vandalismos e de desrespeito à sociedade, prática esta totalmente contraditória ao seu discurso duvidoso de mudanças.
A falta de bom senso do brasileiro é enorme, seja ele manifestante ou não. Na sua grande maioria os brasileiros estão sempre cheios de direitos, mas deveres, quase nenhum. Para justificar seus deslizes sempre dão um jeitinho e a “lei do Gerson” está sempre sendo usada. Não respeitam limites, não reconhecem os direitos dos demais cidadãos e o governo é sempre culpado dos seus insucessos.
Boa parte dos manifestantes, como animais descerebrados, nem sabem sobre o que se trata o movimento e nem por que estão protestando. “O negócio é participar” independente do objetivo, que para uma grande parte se resume em quebrar tudo, pichar, esculhambar, incendiar ônibus e se sentir realizado. Se o protesto é contra a corrupção dos políticos, por que incendiar ônibus que atende, principalmente, as necessidades das classes menos favorecidas? Político não usa ônibus.
Infelizmente os que dizem querer mudanças em prol de um país melhor, com saúde eficiente, educação de qualidade, segurança, entre outros serviços, são os mesmos que invadem o semáforo, não respeitam as faixas de pedestres, estacionam em lugar proibido, não respeitam filas de portadores de necessidades especiais, entre tantas outras atitudes de quem possui um caráter ínfimo. Na realidade, estes quando acham uma oportunidade de por em pratica “o seu lado corrupto”, não pensam duas vezes. Praticam.
O problema do Brasil é o brasileiro que se acham com direitos em demasia e não procuram se capacitar, não tem um projeto de vida estruturado, reclamam de tudo e não resolvem nada, acha que a vida se resume em futebol, fofoca, carnaval, cerveja e putaria, não admite a sua própria culpa, sempre estão com a razão. Diz não gostar de política, mas não sabe explicar porque. Talvez por ser seu universo extremamente individualista e a política, que rege os destinos do povo, é essencialmente coletiva.

Richa anuncia saída do Governo do Paraná para concorrer ao Senado


O governador Beto Richa (PSDB) anunciou, na tarde desta segunda-feira (26), que deixa o Governo do Paraná no dia 6 de abril. A saída é para que ele possa concorrer a uma vaga no Senado Federal do Brasil. Quem assume a vaga de Richa é a vice-governadora, Cida Borghetti (PP). "Sempre tomo decisões de disputar a eleição ou não com muita serenidade, muita cautela, ouvindo a opinião de muitas pessoas", afirmou Richa.

Em relação a possíveis trocas no secretariado, com a saída de secretários que podem se candidatar, Richa afirmou que a definição das substituições fica a cargo de Cida Borghetti. "As mudanças, os nomes que ela vai querer substituir, isso é atribuição dela. Se me perguntar, posso dar minha opinião", comentou.


Beto Richa (PSDB)


O governador Beto Richa é filho do ex-governador José Richa e de Arlete Richa. É formado em engenharia civil pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR).
Richa iniciou a vida pública em 1994, elegendo-se deputado estadual pelo PSDB, sendo reeleito quatro anos depois. Foi eleito governador do Paraná em primeiro turno em 2010 e reeleito, também no primeiro turno, em 2014.


Cida Borghetti (PP)


Empresária e jornalista, a vice-governadora Cida Borghetti é formada em administração pública, com especialização em Políticas Públicas.
É casada com o ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), e tem uma filha: Maria Victória Borghetti Barros (PP), que concorreu à Prefeitura de Curitiba na última eleição municipal.
Cida começou na política como militante do PDS jovem. Foi deputada federal e deputada estadual por dois mandatos consecutivos. Atualmente, é a coordenadora das relações do Paraná com a bancada federal e com o Governo Federal.


sábado, 24 de março de 2018

Paraná volta a ter presidenciável após quase 30 anos

Pela primeira vez em quase 30 anos o Paraná voltará a ter um candidato à Presidência. O Podemos lançou na sexta-feira (23) na Câmara Municipal de Belo Horizonte a pré-candidatura do senador Alvaro Dias ao Planalto. O anúncio ocorreu durante a posse da Executiva estadual do partido e foi transmitido ao vivo pelo perfil do parlamentar no Facebook. O prefeito de Betim, Vittorio Medioli, assumiu o comando estadual da legenda e será um dos coordenadores de campanha. O último candidato do Paraná a concorrer à presidência foi o ex-senador curitibano Afonso Camargo (1929-2011), nas eleições de 1989. 

Segundo Alvaro, Minas Gerais foi escolhida para o evento por ser "O estado síntese do País". "Quem não vence em Minas, não vence no País. Isso nós já aprendemos e sabemos. Queremos daqui lançar o desafio de refundação da República", discursou. Em 2014, o mineiro Aecio Neves (PSDB) perdeu em seu Estado por 500 mil votos, resultado que foi decisivo para a eleição de Dilma Rousseff (PT). 

Sem citar nomes ou partidos, o político fez duras críticas às últimas administrações e à "máquina de escândalos de corrupção", instalada em Brasília. "Tenho convicção de que é possível sim mudar o Brasil, vitimado pelas injustiças promovidas pelos desgovernos, numa República que mais se parece Império, já que governantes que assaltaram o poder exploram o esforço coletivo para preservar os seus privilégios", destacou. 

A parte mais enfática do discurso foi quando ele disse que "os que assaltaram os cofres públicos do Brasil, além de ladrões, são assassinos". "Há os que morrem em corredores de hospitais, nas ruas, vitimas da violência. Essa violência faz com que o nordeste brasileiro tenha, por exemplo, as 11 cidades mais violentas entre as 50 mais violentas do mundo. A causa é sem dúvida esse sistema de governança, que se estabeleceu na barganha política, no conluio partidário, no loteamento dos cargos e no aparelhamento do estado brasileiro". 

Para o senador, que está em seu quarto mandato, não basta prender os barões da corrupção. "Se não destruirmos esse sistema e substituirmos por outro, ele continuará fabricando barões. É preciso romper com a relação promíscua entre poderes e o grande balcão de negócios, a operação toma lá da cá, que fez surgir o mensalão, sanguessugas, ‘petrolão’ e o assalto aos fundos de pensão", prosseguiu. 

Histórico 
Licenciado em História pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), Alvaro começou sua carreira política como vereador de Londrina em 1968, pelo MDB. Depois, se elegeu deputado estadual, governador do Paraná, deputado federal e senador, por diversos partidos, como PSDB, PMDB e PDT. Chegou a se filiar ao PV, mas migrou para o Podemos em julho de 2017, quando do lançamento da sigla, que substituiu o antigo Partido Trabalhista Nacional (PTN). Alvaro mantém domicílio eleitoral em Londrina. A FOLHA não conseguiu contato com o senador. 

O deputado estadual e vice-presidente do Podemos em Minas, Dirceu Ribeiro, adiantou que o partido pretende atrair até o próximo mês pelo menos 60 prefeitos. No Paraná, o mais novo filiado é o deputado federal Diego Garcia, que pertence à chamada bancada da bíblia. "Vocês podem contar comigo nessa luta por uma nova política: honesta, limpa, transparente e com a sua participação! Com Deus, em Deus e por Deus nós PODEMOS! Que Ele te abençoe!", escreveu, em suas redes sociais.
Mariana Franco Ramos
Reportagem Local FolhaWeb

domingo, 18 de março de 2018

Governo revoga resolução que previa curso e prova para renovar habilitação

O governo voltou atrás e revogou a resolução do Denatran que obrigava os motoristas a fazer curso teórico e prova para renovar a carteira de habilitação. Essas novas regras tinham provocado críticas de motoristas e especialistas.
O recuo foi uma determinação do ministro das Cidades, Alexandre Baldy. A nota divulgada no início da noite deste sábado (17) diz que o diretor do Departamento Nacional de Trânsito e presidente do Conselho Nacional de Trânsito, Maurício Alves, revoga a resolução 726.
Essa resolução foi publicada na semana passada e dizia que, a partir de junho, quem precisasse renovar a carteira de motorista para dirigir carro e moto deveria fazer um curso de dez horas de duração e uma prova. Hoje, a única exigência é fazer um exame médico. A alteração provocou críticas. “Não tem nada a ver. Para que mais burocracia do que já tem?”, questiona um motorista.
Um especialista diz que a ideia da resolução não faz sentido. “Esses cursos serão praticamente inúteis. É uma coisa inventada em um gabinete sem consequências e que terá pouquíssimo efeito prático”, diz o doutor em segurança no trânsito David Duarte.
O argumento do Denatran para a mudança era o aperfeiçoamento dos motoristas. “É uma preocupação em educar, em formar. E a educação é a base para se ter, nas ruas, um condutor consciente, responsável, respeitando todos que ao seu redor estão”, afirma o coordenador de educação do trânsito do Denatran, Jackson do Sena.
No Brasil, a carteira de habilitação vale por um período de três a cinco anos, de acordo com da idade do motorista.

sexta-feira, 16 de março de 2018

Pastor é denunciado por estuprar a própria filha, de apenas 8 anos em Arapoti


Um homem suspeito de estuprar a própria filha, de oito anos, foi denunciado criminalmente pela Promotoria de Justiça de Arapoti na quarta-feira (14). O suspeito, que foi pastor evangélico na cidade durante anos, negou que tenha cometido o ato, mas o Ministério Público do Paraná (MP-PR) concluiu que existem indícios suficientes que apontam que ele é o autor do crime. O abuso foi registrado em janeiro de 2017, na casa da família.
De acordo com o MP-PR, no momento do crime, estavam no local a mãe da criança e o irmão, de 10 anos, além do pai, que é o alvo da denúncia. Conforme a Promotoria, a família levou a menina para um hospital em Ponta Grossa após o estupro. Um boletim de ocorrência foi registrado, e as investigações começaram através do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), que acionou o Ministério Público.
Apesar do suspeito negar o crime, o MP-PR apontou que avaliações psicológicas, colheita de depoimentos, perícias, laudos morfológicos, exame de DNA e interceptações telefônicas formam indícios suficientes para demonstrar que o pai pode ser o autor do crime.
Colaboração PM-PR
Com informações: Redação Portal Curiúva

ACUSADO DO CRIME BÁRBARO CONTRA A ESPOSA EM SJ DA SERRA SE APRESENTA NA DELEGACIA


Na última quarta, 14, o acusado do crime bárbaro  contra a esposa, em São Jeronimo da Serra, no último dia 02 de março, se apresentou na Delegacia de Polícia Civil da cidade.

De acordo com o Dr. Flávio Junqueira, Delegado do 33º DP, foi uma apresentação espontânea e como já não existe o Flagrante, o mesmo permanece em Liberdade.

Agora os trabalhos de Investigação Policial continuam até serem apurados todos os fatos do crime.

Ao ser ouvido, o acusado "confessou" o crime e declarou que o "motivo" seria "ciumes", portanto, ele acreditava que estava sendo traído.

Declarou ainda, o acusado, que não usou "faca" no crime e sim um "Pedaço de Pau"que foi apreendido pelos Policiais Civis.

Com informações: Blog do Chaguinhas

quinta-feira, 15 de março de 2018

Motoristas terão que fazer prova teórica para renovação da CNH

(Foto: Detran-PR)

A partir de junho deste ano, os motoristas que forem renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) não farão apenas os exames médicos que são solicitados nas renovações, mas sim, terão que passar novamente por uma prova teórica para conseguir emitir a nova permissão para dirigir.
A resolução que regulamenta a nova regra foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) no dia 8 de março.
O curso, com 10 horas/aula poderá ser feito presencialmente, em entidades credenciadas pelo Detran ou à distância, e a prova será formada por 30 questões, com duração de uma hora. Para ser aprovado, o condutor precisará acertar, no mínimo, 21 questões, o mesmo que é necessário na primeira habilitação.
As renovações da CNH devem ser feitas a cada cinco anos e aquelas que vencem após junho de 2018 já terão que ser emitidas na nova resolução.
Para fazer a renovação, o condutor será obrigado a:
  1. Fazer o Exame de Aptidão Física e Mental, caso seja autorizado a conduzir ciclomotor ou habilitado nas categorias A e/ou B;
  2. Fazer o Exame Toxicológico de larga janela de detecção e Exame de Aptidão Física e Mental, caso seja habilitado nas categorias C, D e/ou E;
  3. Ser aprovado em curso de atualização ou de aperfeiçoamento, conforme regulamentação estabelecida no Anexo IV desta Resolução.
Atualmente, no Paraná, o custo para fazer a renovação da CNH é de R$ 145,55, mas com as novas medidas deve ficar mais caro.

Região turística da Rota do Café pode ter sinalização temática


A região turística da Rota do Café está oficializada na forma da Lei estadual Lei 19.376/2017, o que pode abrir novas perspectivas para divulgação, captação de recursos e fortalecimento do roteiro, com atração de mais visitantes. Uma ação concreta prevista na lei de autoria dos deputados Tercilio Turini (PPS) e Luiz Claudio Romanelli (PSB) "é a criação de uma sinalização temática no Norte e Norte Pioneiro do Paraná.

A proposta é que o Departamento de Estradas de Rodagem (DER/Paraná) instale nas rodovias placas com a logomarca da Rota do Café, indicação do município integrante e identificação de locais de visitação, para orientar turistas e demais pessoas que circulam pela região. "A sugestão está na lei. Precisamos sensibilizar o DER e a Secretaria de Turismo do Estado para executarem a ideia”, afirma Tercilio Turini. 

A Região Turística da Rota do Café abrange 15 municípios: Arapongas, Rolândia, Cambé, Londrina, Tamarana, Ibiporã, Jataizinho, Assaí, São Jerônimo da Serra, Cornélio Procópio, Santa Mariana, Bandeirantes, Cambará, Jacarezinho e Ribeirão Claro. “A intenção é valorizar a rota como produto de turismo e instrumento de preservação da história do Paraná”, diz o deputado.

A Associação Rota do Café reúne atualmente proprietários e representantes de museus, memoriais, fazendas, agroindústrias, cafeterias e outros estabelecimentos comerciais que têm o café como referência em produtos, serviços, atividades empresariais e culturais. Os atrativos recebem visitantes de diversos locais, inclusive muitos estrangeiros.

Com informações: www.jornaldooeste.com.br/

quarta-feira, 14 de março de 2018

Saúde repassa aparelhos de raio-X para São Jerônimo da Serra e mais 25 municípios


Vinte e seis municípios paranaenses receberam nesta quarta-feira (14), da Secretaria de Estado da Saúde, novos aparelhos de raio-X. Os equipamentos são para a rede pública estadual destes municípios, que pertencem a 16 regionais de saúde do Paraná.
Cada equipamento custou R$ 81,2 mil. O investimento total passa de R$ 2 milhões. O secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, ressaltou o papel do Estado para garantir e otimizar o atendimento à população. “A maior parte dos municípios que está recebendo é de pequeno ou médio porte. O equipamento é importante para auxiliar em diagnósticos”, disse ele.
Um dos contemplados foi Congonhinhas, no Norte Pioneiro. O equipamento será instalado no Hospital Municipal São Francisco. “Foi um presente para nossa cidade, que faz aniversário no próximo dia 20”, disse o prefeito Luciano Merhy.
O prefeito contou que quando o exame era necessário, os pacientes precisavam ser deslocados para outros municípios da região, até mesmo Londrina, que fica a 90 quilômetros de distância. “É para uso imediato, o local já está preparado e, em breve vamos colocar o aparelho para funcionar”, explicou.
O prefeito de Paraíso do Norte, Laércio de Freitas, também falou sobre o benefício para o atendimento da população. “Vai facilitar principalmente para o atendimento de situações de emergência. A ideia é colocar em nossa principal unidade de saúde”, destacou.
Cidades que receberam o equipamento:
Assaí
Astorga
Boa Vista da Aparecida
Centenário do Sul
Congonhinhas
Curiúva
Doutor Camargo
Fazenda Rio Grande
Foz do Jordão
Goioxim
Guaraniaçu
Jaguariaíva
Laranjeiras do Sul
Marmeleiro
Paraíso do Norte
Piraquara
Pontal do Paraná
Prudentópolis
Reserva

São Jerônimo da Serra

Santa Izabel do Ivaí
São Pedro do Ivaí
Maripá
Tapira
Teixeira Soares
Ventania

AEN

terça-feira, 13 de março de 2018

UTFPR é alvo de operação que apura desvios de R$ 5,7 milhões

Foi deflagrada na manhã desta terça-feira (13) a Operação 14 Bis, responsável por investigar o desvio de cerca de R$ 5,7 milhões de recursos públicos da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) - Campus Cornélio Procópio, no norte do estado. A ação ocorre nas cidades de Uraí, Cornélio Procópio, Nova América da Colina e Maringá, todas no Paraná. A atuação de gestores e empresas que se uniram para fraudar licitações e contratos são os alvos.
A operação que recebeu o nome devido a empresa criada para facilitar os desvios financeiros é uma parceria entre a Polícia Federal (PF), o Ministério Público Federal (MPF), a Controladoria Geral da União (CGU) e a Receita Federal (RF).
Investigações
As investigações apontaram a ocorrência de irregularidades graves em contratos celebrados entre a UTFPR-CP e empresas que prestaram serviços de manutenção predial, manutenção de ar-condicionado, manutenção de veículos, fornecimento de materiais de construção e serviços de reprografia.
Entre as irregularidades estão a suspeita de obtenção de informação privilegiada, formação de grupo econômico, uso de documento potencialmente falso ou insuficiente para atesto de capacidade técnica, pagamentos superiores aos valores contratados, superfaturamento, sobrepreço, frustração de concorrência, suspeita de pagamento de materiais não recebidos ou desviados, entre outros.
Força tarefa
Cerca de 90 policiais federais e servidores da CGU e Receita Federal cumprem 20 mandados de prisão temporária e 26 mandados de busca e apreensão, além de sequestro e indisponibilidade de bens.
Os presos serão conduzidos à Delegacia de Polícia Federal em Londrina onde permanecerão à disposição da Justiça.
Os suspeitos poderão responder pelos crimes de associação criminosa, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, crimes contra o processo licitatório, sem prejuízo de outras implicações penais a serem constatadas,
UTFPR
Assim que a universidade recebeu a denúncia, imediatamente adotou medidas em âmbito administrativo, como, por exemplo, a realização de auditorias conduzidas por sua unidade de Auditoria Interna, além da demissão, mediante Processos Administrativos Disciplinares, de dois servidores envolvidos nas fraudes.

Com informações: https://pr.ricmais.com.br

sábado, 10 de março de 2018

Em manifestação, moradores de Jataizinho liberam cancelas de pedágio


Um grupo de cerca de 45 pessoas, formado por moradores de Jataizinho e membros de moto clubes de Londrina e Assaí, protestou na tarde deste sábado (10) contra o preço cobrado na praça de pedágio da BR 369. Por volta das 14h30 eles abriram as cancelas e liberaram a passagem dos veículos pelo local.
O protesto acabou por volta das 16h30. A praça de pedágio de Jataizinho é alvo de grande reclamação por parte da população, já que o valor para carros é R$ 22, o preço mais alto do estado.

quarta-feira, 7 de março de 2018

TJ - PR recebe inscrições de Processo Seletivo de Juízes Leigos e Conciliadores na Comarca de São Jerônimo da Serra

O Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ - PR) anuncia novo Processo Seletivo destinado a contratação de um Juiz Leigo e um Conciliador para atuarem no Juizado Especial Cível, Criminal e Fazenda Pública da Comarca de São Jerônimo da Serra.
A inscrição deve ser realizada de forma presencial, por candidato com nível superior, na Secretaria da Unidade do Juizado Especial, localizado na Rua Comendador Paulo Nader, nº 194, São Jerônimo da Serra - PR, no horário das 12h às 18h, entre os dias 12 e 23 de março de 2018. A taxa vai de R$ 30,00 a R$ 40,00.
Como forma de classificação, haverá prova escrita, objetiva e dissertativa, de caráter eliminatório e classificatório; e avaliação de títulos de natureza apenas classificatória. A primeira etapa está prevista para o dia 5 de abril de 2018.
O cargo de Conciliador tem como função, conduzir a audiência de conciliação, sob supervisão do juiz. Já o Juiz Leigo irá presidir as audiências de conciliação; audiências de instrução e julgamento, podendo colher provas; entre outras atribuições.
A remuneração será proporcional ao número de atos realizados, observando-se os limites estabelecidos nos artigos 37 e 38 da Resolução nº 04/2013 do CSJEs.
Este Processo Seletivo é válido por dois anos e pode ser prorrogado por igual período. Mais informações estão disponíveis no site. https://www.tjpr.jus.br/

sábado, 3 de março de 2018

Marido mata esposa com golpes de faca em São Jerônimo da Serra


No inicio da tarde por voltas das das 13h, a equipe PM foi solicitada para que comparecesse até a Avenida Jose Batista Proença onde havia acabado de ocorrer um esfaqueamento. 


ao chegar no local, a equipe encontrou uma senhora caída com ferimentos na cabeça e perdendo muito sangue, ao seu lado estava um jovem que se identificou como filho da vítima e que relatou estar na parte superior do prédio quando ouviu um grito e um barulho, ao descer para averiguar a situação encontrou sua mãe caída, já perdendo muito sangue e que o autor da lesão seria seu pai. 



A vítima foi encaminhada ao Hospital,  mas infelizmente não resistiu vindo a óbito, pois havia recebido vários golpes de faca na ragião da cabeça, sendo que um dos golpes atravessou o pescoço de acordo com o médico que atendeu a vitima no Hospital Municipal. 


O corpo foi encaminhado para o IML de londrina. A polícia realizou patrulhamentos com o intuito de encontrar o autor do crime, no entanto, não foi localizado.