Pesquisar

sexta-feira, 16 de março de 2018

Pastor é denunciado por estuprar a própria filha, de apenas 8 anos em Arapoti


Um homem suspeito de estuprar a própria filha, de oito anos, foi denunciado criminalmente pela Promotoria de Justiça de Arapoti na quarta-feira (14). O suspeito, que foi pastor evangélico na cidade durante anos, negou que tenha cometido o ato, mas o Ministério Público do Paraná (MP-PR) concluiu que existem indícios suficientes que apontam que ele é o autor do crime. O abuso foi registrado em janeiro de 2017, na casa da família.
De acordo com o MP-PR, no momento do crime, estavam no local a mãe da criança e o irmão, de 10 anos, além do pai, que é o alvo da denúncia. Conforme a Promotoria, a família levou a menina para um hospital em Ponta Grossa após o estupro. Um boletim de ocorrência foi registrado, e as investigações começaram através do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), que acionou o Ministério Público.
Apesar do suspeito negar o crime, o MP-PR apontou que avaliações psicológicas, colheita de depoimentos, perícias, laudos morfológicos, exame de DNA e interceptações telefônicas formam indícios suficientes para demonstrar que o pai pode ser o autor do crime.
Colaboração PM-PR
Com informações: Redação Portal Curiúva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia