Pesquisar

terça-feira, 26 de março de 2019

Filho agride covardemente os pais idosos com chutes e ameaça com facão em Ventania

NO DIA 25/03, POR VOLTA DAS 13H20MIN, COMPARECEU NESTE DPM AS SOLICITANTES, AS QUAIS RELATARAM QUE SÃO IRMÃS E A ALGUM TEMPO SEU IRMÃO, VEM MALTRATANDO SEUS PAIS, AMBOS IDOSOS, QUE RESIDEM NA RUA JULIO BUENO DE CAMARGO - CENTRO, ESTARIAM SENDO AGREDIDOS, TANTO VERBALMENTE COMO FISICAMENTE PELO FILHO, E QUE NESTA MANHA, A MÃE E O PAI HAVIAM SOFRIDOS CHUTES APÓS UMA DISCUSSÃO E QUE A ESPOSA DO INDIVIDUO, O QUAL É IRMÃO E MORA NO MESMO TERRENO DOS PAIS, LIGOU PARA UMA DAS SOLICITANTES E RELATOU O OCORRIDO E DIANTE DA SITUAÇÃO E POR JÁ HAVER HISTÓRICO NA FAMÍLIA, AS IRMÃS RESOLVERAM BUSCAR AJUDA NA POLÍCIA MILITAR. AS SOLICITANTES JÁ ADIANTARAM PARA A EQUIPE POLICIAL QUE OS PAIS NEGARIAM AS AGRESSÕES POR TER MEDO DO FILHO.

DE PRONTO, A EQUIPE DESLOCOU ATÉ A CASA DOS PAIS DA SOLICITANTE, E EM CONTATO COM ESTES, DISSERAM QUE HOUVE UMA DISCUSSÃO COM O FILHO, E QUE ESTE É NERVOSO E IMPACIENTE, E QUE NÃO HOUVE AGRESSÃO, APENAS QUE O INDIVIDUO COMEÇOU A GRITAR QUE MATARIA OS PAIS, DANDO UM CHUTE NA PIA DA COZINHA, CAUSANDO DANOS NA MESMA. O MOTIVO DA DISCUSSÃO SERIA POR CAUSA DE UM ROSEIRA QUE O INDIVIDUO TERIA PLANTADO NO QUINTAL DA CASA DOS PAIS E ESSA HAVIA DESAPARECIDO. A VITIMA DISSE QUE O INDIVIDUO NÃO GOSTA DE SER CONTRARIADO E QUE O SEU MARIDO NÃO BATE DE FRENTE COM ELE POR TER MEDO DO SEU PERFIL VIOLENTO, MAS QUE ELA O CONTRARIA, POR ISSO ELE TEM ESSES SURTOS DE RAIVA. PERGUNTADO DO PARADEIRO DO INDIVIDUO, A MÃE INFORMOU QUE ELE HAVIA SAÍDO PARA TRABALHAR E QUE VOLTARIA SÓ AS 17 HORAS.

A EQUIPE DESLOCOU ATÉ O POSSÍVEL PARADEIRO DO MESMO, MOMENTO EM QUE FOI ACIONADA NOVAMENTE VIA FONE POR FAMILIARES INFORMANDO QUE O INDIVIDUO HAVIA CHEGADO NA CASA E ESTARIA BRIGANDO NOVAMENTE COM OS PAIS E ESTARIA OS AMEAÇANDO COM UM FACÃO. CHEGANDO NO LOCAL ESTAVAM NA CASA OS PAIS, AS IRMÃS, E O INDIVIDUO, O QUAL DISPENSOU A PRESENÇA DA POLÍCIA MILITAR, DIZENDO QUE ERA APENAS UM DESENTENDIMENTO FAMILIAR E QUE RESOLVERIAM ENTRE ELES, MOMENTO EM QUE AS IRMÃS DISSERAM QUE NÃO, QUE NÃO FOI UM DESENTENDIMENTO E QUE O INDIVIDUO ESTAVA MALTRATANDO OS IDOSOS A MUITO TEMPO E QUE O INDIVIDUO ESTAVA PROTEGENDO O IRMÃO.

SOLICITAMOS A PRESENÇA DO OUTRO IRMÃO, O QUAL ESTAVA NA CASA, PORÉM ESTE SE NEGOU A VIR FALAR COM A EQUIPE, ADENTRAMOS EM SUA CASA E O MESMO ESTAVA SENTADO NO SOFÁ, MOMENTO EM QUE O CONVIDAMOS A ACOMPANHAR A EQUIPE POLICIAL ATÉ O DESTACAMENTO PARA ESCLARECER A SITUAÇÃO, MOMENTO QUE O INDIVIDUO DISSE QUE NÃO ACOMPANHARIA A EQUIPE PORQUE NÃO ERAMOS CHEFE DELE.

APÓS CONVERSAS, O MESMO TENTOU SE EVADIR DA EQUIPE DIZENDO QUE HAVIA DE PEGAR SEUS DOCUMENTOS E SEU CELULAR NOS FUNDOS DA CASA, PORÉM A EQUIPE VIU SEU CELULAR E SUA CARTEIRA EM SEU BOLSO, DIANTE DA SITUAÇÃO O INDIVIDUO TENTOU SE EVADIR DA EQUIPE, SENDO NECESSÁRIO FAZER O USO SELETIVO DA FORÇA PARA ALGEMAR E CONDUZI- LO ATÉ A DELEGACIA.

DURANTE O USO SELETIVO DA FORÇA, OS FAMILIARES DO INDIVIDUO , FILHOS, CUNHADAS E IRMÃS QUE NÃO MORAM NA CASA TENTARAM IMPEDIR A CONDUÇÃO, CAUSANDO DIVERSAS ESCORIAÇÕES NOS BRAÇOS DO POLICIAL DURANTE A AÇÃO POLICIAL, SENDO REALIZADO O LAUDO DE LESÕES CORPORAIS TANTO DO AUTOR QUANTO DO POLICIAL. FOI DADO VOZ DE PRISÃO PARA O INDIVIDUO, SENDO AS PARTES ENVOLVIDAS CONDUZIDAS PARA A DELEGACIA DE TIBAGI PARA OS PROCEDIMENTOS CABÍVEIS.

Informações: Portal Curiúva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia