Pesquisar

sábado, 29 de junho de 2019

MARIDO BRIGA COM ESPOSA E ATEIA FOGO NA CASA NO DISTRITO DE TERRA NOVA EM SÃO JERÔNIMO DA SERRA



Na tarde deste sábado (29/06), por volta das 17:00 horas, policiais militares de São Jerônimo da Serra foram solicitados a comparecer no Distrito de Terra Nova, onde estaria em andamento uma ocorrência de violência doméstica. 

Chegando no local, os policiais foram informados de que a pessoa conhecida por João Ricardo, teria agredido fisicamente a vítima em razão de desentendimentos entre ambos, tendo em vista que o suspeito estava em um bar e sua esposa, insatisfeita com a situação, resolveu procurar pelo mesmo, encontrando-o no bar e a partir daí teve início uma discussão entre o casal. 

Segundo informações contidas no boletim de ocorrência, João Ricardo não gostou da atitude da esposa e passou a agredi-la na rua, inclusive, na presença de várias pessoas. Após as agressões, João Ricardo teria dito para a vítima que iria até a residência do casal e que colocaria fogo na casa. 

Quando os policiais militares chegaram na residência, se depararam com a casa consumida pelo fogo não sendo possível fazer mais nada no sentido de conter o incêndio. 

Diante de tais fatos, os policiais militares continuaram as diligências visando localizar o autor dos fatos, o qual foi encontrado no "Bar do Cirço", portando um facão. João Ricardo recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzido, juntamente com o facão apreendido até a Delegacia de Polícia de São Jerônimo da Serra-PR para as medidas da autoridade policial.

GazetaSJS

Prefeitura de São Jerônimo da Serra inaugura Sala do Empreendedor


Autoridades, representantes de entidades do município, além de convidados participaram na tarde desta sexta-feira, (28), da solenidade de inauguração da Sala do Empreendedor, fruto de parceria entre o município, Sebrae e Sicredi.
O novo espaço está localizado, ao lado da prefeitura. A sala do Empreendedor são locais de atendimento das Prefeituras Municipais que facilitam os processos de abertura de empresas, regularização e baixa, bem como serviços exclusivos aos Microempreendedores Individuais (MEI), bem como fornecer informações, orientações e instrumentos que permitam melhorar a competitividade das empresas atendidas.
A cerimônia foi iniciada com o pronunciamento das autoridades onde o prefeito Ricardo Mello agradeceu a presença de todos e destacou a parceria com o Sebrae nesse projeto, o prefeito ressaltou que a Sala do Empreendedor vai melhorar os índices de São Jerônimo da Serra na geração de emprego e de abertura de empresas. “Este projeto é mais uma ação para ajudar a população nas questões burocráticas. 
O evento contou também com a presença da palestrante motivacional Daniele Amaral, a palestrante contou um pouco de sua história de vida e como se tornou uma empreendedora. 

ALUNA DA ESCOLA DO CAMPO DA VILA NOVA SÃO JERÔNIMO DA SERRA É PREMIADA EM CONCURSO DO SESC SENAC



A Escola Estadual do Campo de Vila Nova - Ensino Fundamental, localizada no bairro de Vila Nova, em São Jerônimo da Serra, com o incentivo da diretora Ivana Maria Moura Moraes e da professora Neiva Martins Silvestre, participou da 1ª edição do concurso "Entre Lendas do Paraná", realizado pelo Sesc Senac PR e da Acadêmia Paranaense de Letras. Foram 7.153 inscrições, e selecionadas as 90 melhores ilustrações, na qual a escola que fica num bairro onde os alunos tem poucas perspectivas de continuar seus estudos, foi selecionada.
Nesta sexta, 28 de junho, às 14h estiveram na escola a chefe do NRE-Cornélio Prócopio Ana Paula T. M. dos Santos e os representantes do Sesc Senac para entrega da premiação para a aluna Talita Gabrieli Leite, ganhadora do troféu e para presentear a escola com uma coletânea dos cartões postais impressos na 1ª edição. Estiveram presentes também os funcionários, demais professores, alunos e alguns membros da comunidades local.
A professora Neiva ressalta que “essa premiação é de suma importância para mostrar aos nossos alunos que empenhados são capazes de concorrer com os demais, apesar de ser uma escola de pequeno porte e estar situada em um bairro distante”.

terça-feira, 25 de junho de 2019

APREENSÃO DE ARMAS EM SÃO JERÔNIMO DA SERRA

Foto: GazetaSJS
APÓS VÁRIAS DENÚNCIAS ANÔNIMAS DANDO CONTA DE QUE A PESSOA DE NOME ODAIR DUTRA ESTAVA FABRICANDO ARMAS DE FOGO NA SUA RESIDÊNCIA, A EQUIPE POLICIAL COMPOSTA PELO SOLDADO PEDROSO, SOLDADO TIAGO E O POLICIAL CIVIL DE FOLGA JOSE CODONHO, DESLOCARAM-SE ATÉ O ENDEREÇO FORNECIDO NAS DENUNCIAS.

 AO CHEGAREM, FOI ENCONTRADO ODAIR JUNTAMENTE COM SUA ESPOSA E FILHOS, FORA DADO VOZ DE ABORDAGEM AOS MORADORES, NADA DE ILÍCITO FOI LOCALIZADO COM ELES, AO SER QUESTIONADO SOBRE O TEOR DAS DENUNCIAS ODAIR DISSE APENAS QUE CONSERTAVA AS ARMAS DOS VIZINHO.

AO SER INDAGADO SOBRE A EXISTÊNCIA DE ARMAS NA CASA, O MESMO DISSE QUE TERIA SIM, E QUE PODERIA SER FEITO A BUSCA NA RESIDÊNCIA E NAS IMEDIAÇÕES, DESTA FORMA FORMA FEITA BUSCAS, E LOCALIZADO DIVERSAS ESPINGARDAS, CARTUCHOS DEFLAGRADOS E PEÇAS PARA MANUFATURA PARA CONFECÇÃO DAS ESPINGARDAS. 

EM CONSULTA AO SISTEMA, FOI ENCONTRADO UM MANDADO DE PRISÃO PARA A PESSOA DE ODAIR. DIANTE DOS FATOS FORAM RECOLHIDAS AS ARMAS E PEÇAS, E DADO VOZ DE PRISÃO AO SENHOR ODAIR QUE FORA ALGEMADO E CONDUZIDO ATÉ O PELOTÃO, ONDE FOI CONFECCIONADO O BOLETIM DE OCORRÊNCIAS, E ENCAMINHADO O PRESO JUNTAMENTE COM AS ARMAS PARA A POLICIA CIVIL.

GazetaSJS

TCE-PR suspende licitação de Curiúva para contratar serviço de pavimentação

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), por meio de medida cautelar emitida pelo conselheiro Fabio Camargo, suspendeu a Tomada de Preços nº 4/2019, lançada pela Prefeitura de Curiúva. A licitação tem como objetivo a contratação de empresa para realizar serviços de pavimentação com paralelepípedos nesse município do Norte Pioneiro.
A suspensão foi provocada por Representação da Lei nº 8.666/1993 (Lei de Licitações e Contratos) interposta pela empresa Urban Green Serviços Urbanísticos Ltda. A interessada alegou que foi inabilitada no certame por não ter apresentado reconhecimento de firma em um dos documentos exigidos pelo edital.
Para o relator do processo, houve formalismo exacerbado por parte da administração. Segundo ele, "somente quando houver dúvida quanto à autenticidade da assinatura, deve o condutor do procedimento licitatório diligenciar para sanear a falha".
O despacho, de 13 de junho, foi homologado na sessão do Tribunal Pleno do TCE-PR do dia 19. Com a suspensão, foi aberto prazo de 15 dias para apresentação de defesa por parte do Município de Curiúva. Os efeitos da medida perduram até que o Tribunal decida sobre o mérito do processo.

Serviço
Processo :
403062/19
Despacho nº:
738/19 - Gabinete do Conselheiro Fabio Camargo
Assunto:
Representação da Lei nº 8.666/1993
Entidade:
Município de Curiúva
Interessada:
Urban Green Serviços Urbanísticos Ltda.
Relator:
Conselheiro Fabio de Souza Camargo

Autor: Diretoria de Comunicação Social
Fonte: TCE/PR

sábado, 22 de junho de 2019

Assim como Sapopema, São Jerônimo da Serra também depende da renda do comércio, de pequenos serviços e dos salários de aposentados para sobreviver

A falta de grandes empresas que funcionem como âncoras para o desenvolvimento econômico faz com que cidades como Sapopema e São Jerônimo da Serra, no Norte Pioneiro, dependam da renda do comércio, de pequenos serviços e dos salários de aposentados para sobreviver. "Os empregos que temos são em cooperativas agrícolas ou em empresas que recolhem grãos, que dá no máximo 20", diz o prefeito de São Jerônimo, João Ricardo de Mello.

Na região, Mello conta que há algumas madeireiras, que fornecem lenha para caldeiras de indústrias de outras cidades, mas sem gerar carteiras assinadas. "Talvez nosso problema seja logístico, de distância para grandes centros. Já conversei para tentar a vinda de uma serralheria e de uma sementeira, tentei trazer um frigorífico de frango, mas acho que o pessoal não achou viável", explica o prefeito. São 14 empregos industriais em 960 registrados na cidade, segundo levantamento da reportagem.

Proprietário de uma farmácia em São Jerônimo, Juan Guillen Pons resume a situação. "Moro há 50 anos aqui e a cidade vive de aposentadorias. Não temos indústria, empregos, nada. Os jovens que estudam vão embora porque não têm o que fazer na cidade."

O sentimento é o mesmo para o aposentado Valdevir Cordeiro, de Sapopema. "Siqueira Campos, que não é grande, já é melhor do que aqui porque tem empregos para todos, em abate de frangos, em empresa de corte e costura. Aqui, a maioria é aposentado, então vamos sobrevivendo", diz o morador, ao citar município de 20 mil habitantes que está 140 km distante.

Cordeiro faz fretes de moto para complementar a renda, porque diz que um problema cardíaco o impede de esforços físicos. O filho do aposentado trabalha em uma das seis indústrias cerâmicas que, por mais que sejam responsáveis pela maioria dos 267 registros em carteira do setor do município, não garantem desdobramentos em outras atividades. "É um serviço pesado, mas agradeço porque ele teve cabeça e está lá há sete anos, ou teria de ir embora", diz o aposentado. 

Chefe de gabinete na Prefeitura de Sapopema, Cláudio Edison da Costa afirma que uma fábrica de pães também surgiu a partir de uma padaria local, o que tem contribuído para gerar renda. Porém, ele diz que é pouco para garantir uma arrecadação que permita fazer com que a cidade cresça. "Nossa população é de mais ou menos 7 mil pessoas e o comércio está bem parado. As lojas diminuíram o número de funcionários", conta. Ele também acredita que um frigorífico poderia ser a solução para região. "Uma indústria ou uma grande empresa poderia ajudar o município ou dar emprego até para umas quatro cidades", sugere Costa.

A costureira e balconista de loja de roupas Maria Laide Melo Carneiro, também de Sapopema, diz que as vendas mal garantem os custos do negócio. "Foi-se o tempo em que guardávamos alguma coisa no fim do mês. O comércio está parado. Se ao menos tivéssemos uma empresa grande aqui..." 

sexta-feira, 21 de junho de 2019

Sem ambulância, enfermeiros vão atender acidente a pé, em Ventania diz populares

Reprodução/Whatsapp
Na tarde desta quinta-feira, (20/06/19), feriado de corpus Christi, por volta das 17h00min, um motociclista em alta velocidade se chocou na traseira de um veículo gol e ficou gravemente ferido. Situação ocorreu em Ventania, região dos campos gerais.
De acordo com informações de populares, o motociclista estava em alta velocidade na PR-090, vindo a se chocar fortemente contra um veículo gol, o motociclista ficou desmaiado tendo convulsão, na garupa estava sua filha (não obtivemos informações de seu estado de saúde).
Ainda de acordo com populares, não tinha ambulância para fazer o atendimento, os mesmos acionaram o posto de saúde várias vezes para fazer o atendimento, sem ambulância, os enfermeiros tiveram que ir fazer o atendimento a pé.

quinta-feira, 20 de junho de 2019

Definidos os finalistas do Municipal de Futsal de São Jerônimo da Serra

Nesta quarta feira 19 de junho de 2019, aconteceu a semi final do  Municipal de Futsal de São Jerônimo da Serra no Ginásio de Esportes Júnior da Eletrônica, um excelente público compareceu e prestigiaram dois excelentes jogos, no primeiro jogo a equipe do Chapa Halls venceu a equipe do Juventude por dois a um, e no segundo jogo a equipe da Avaranda Futsal bateu a equipe do Nova Era por cinco a um. 


A grande final entre Avaranda Futsal e Chapa Halls promete ser um grande jogo e para quem for ao ginásio. 


Ainda não esta confirmado oficialmente mas segundo informações preliminares a grande final sera na sexta feira dia 28 às 20:00 horas no Ginásio de Esportes Júnior da Eletrônica.


Apoio Prefeitura Municipal de São Jerônimo da Serra.

terça-feira, 18 de junho de 2019

NOVAS INFORMAÇÕES SOBRE O ROUBO OCORRIDO NO DISTRITO DE TERRA NOVA EM SÃO JERÔNIMO DA SERRA

FORAM PRESOS A POUCOS MINUTOS OS OUTROS DOIS SUSPEITOS DE TEREM PRATICADO ROUBO NA CASA DO SENHOR SEBASTIÃO FERNANDES, MORADOR DO ASSENTAMENTO DOM HELDER CÂMARA, DISTRITO DE TERRA NOVA. 

NA NOITE DE ONTEM, UM DOS SUSPEITOS HAVIA SIDO PRESO POR POPULARES, TENDO SIDO AMARRADO ATÉ A CHEGADA DOS POLICIAIS MILITARES. DOIS SUSPEITOS TERIAM CONSEGUIDO FUGIR DA POPULAÇÃO. 

DURANTE O CAMINHO ATÉ A DELEGACIA NA NOITE DE ONTEM (17/06) O SUSPEITO DETIDO, PASSOU A DAR PONTA PÉS NO COMPARTIMENTO INTERNO DE TRANSPORTE DE PRESOS, DANIFICANDO A VIATURA E PROFERINDO DESACATO CONTRA OS POLICIAIS MILITARES. 

ELE FOI AUTUADO EM FLAGRANTE DELITO DURANTE ESTA MADRUGADA E NO INÍCIO DA MANHÃ DE HOJE (18/06), EM CONTINUIDADE ÀS DILIGÊNCIAS, COM BASE EM INFORMAÇÕES, OS POLICIAIS CONSEGUIRAM IDENTIFICAR E PRENDER OS OUTROS DOIS SUSPEITOS DE TEREM PARTICIPADO DO ROUBO NA CASA DA VÍTIMA, SOLUCIONANDO ASSIM O CRIME. 

PARABÉNS À POPULAÇÃO DE TERRA NOVA QUE CONTRIBUIU COM INFORMAÇÕES QUE RESULTARAM NA PRISÃO DOS TRÊS BANDIDOS. 

O CASO AGORA ESTÁ SOB A RESPONSABILIDADE DO DELEGADO FLÁVIO JUNQUEIRA, QUE ESTÁ REALIZANDO COM SUA EQUIPE OS DEMAIS PROCEDIMENTOS CABÍVEIS. PARABÉNS AOS POLICIAIS QUE PARTICIPARAM DESTA OCORRÊNCIA.

GazetaSJS

sexta-feira, 14 de junho de 2019

Arrependido, pai explica por que matou filha e conta que antes de morrer ela disse: ‘Eu te amo’

“Pai, eu te amo. Pai, eu te amo”. Antes de ser morta pelo pai, Aline Miotto Nadolny, de 27 anos sussurrou a frase no ouvido de Luiz Carlos Nadolny, de 48, que confessou  o crime está preso na Delegacia de Piraquara, região metropolitana de Curitiba. A declaração não impediu que a terapeuta ocupacional fosse morta por esganadura na quinta-feira da semana passada, dia 6. O crime foi motivado por Aline ter se negado a ajudar o pai, que queria que ela conversasse com a ex-esposa, mãe da terapeuta, para diminuir o valor de uma pensão paga a outra filha mais nova deles.
Luiz Carlos não tem passagem pela polícia e se mostra muito arrependido por ter cometido o crime. Ele alegou que tudo aconteceu em um momento de raiva, durante uma conversa que teve com a filha, no momento em que Aline saía de casa para trabalhar, ainda no bairro Alto da XV, em Curitiba. “Havia um desacordo dele com a mãe da vítima, sobre o valor de uma pensão para uma irmã menor. Ela se negou a ajudar e falar com a mãe e, em razão disso, o suspeito alega que teve um rompante de ódio e a atacou”, descreveu, em entrevista coletiva nesta sexta-feira (14), o delegado Reinaldo Zequinão, da Delegacia de Piraquara, onde o corpo da terapeuta foi localizado.
Leia matéria completa em: Banda B

segunda-feira, 10 de junho de 2019

LEI MARIA DA PENHA LEVA MAIS UM PARA A CADEIA EM SÃO JERÔNIMO DA SERRA

Na noite de ontem (09/06/2019), por volta das 18h30min, policiais militares foram acionados para compareceram no Assentamento Paulo Freire, local onde estaria ocorrendo uma situação de violência doméstica em que o agressor de nome CELSO, munido de uma foice, passou a fazer ameaças contra sua esposa e família, que tiveram que fugir da casa para não serem agredidos. 

CELSO estava transtornado em razão de estar embriagado, razão pela qual os policiais militares foram chamados. Ao chegarem na casa do agressor, este passou a fazer ameaças também contra os policiais militares, chegando a avançar contra os policiais para agredi-los, sendo necessário o uso das técnicas de imobilização para contê-lo e algemá-lo.

Os policiais verificaram que o agressor expulsou toda a família de casa, com crianças no frio, sem qualquer proteção. 

Diante de todos estes fatos, o agressor foi autuado em flagrante pela prática dos crimes de Ameaça, Desacato, Resistência e Desobediência, sendo recolhido à cadeia pública da Delegacia de Polícia de São Jerônimo da Serra, onde encontra-se preso e à disposição da Justiça. 

Parabéns aos Policiais Militares Tiago e Pedroso, que atuaram nessa ocorrência.

GazetaSJS

terça-feira, 4 de junho de 2019

Paraná está em estado de alerta por epidemia de dengue

O Paraná atingiu nesta semana a incidência acumulada de 104,73 casos por 100 mil habitantes o que significa, segundo o Ministério da Saúde, estado de alerta de epidemia de dengue para todo o Estado. O Ministério considera o alerta a partir de 100 casos para 100 mil habitantes.
O boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (04) pela Secretaria da Saúde do Paraná também confirma mais uma morte por dengue, de uma mulher de 49 anos, morador de Cafelândia. Agora são 17 mortes confirmadas por dengue no Paraná. O boletim epidemiológico contabiliza os dados a partir da primeira semana de agosto de 2018 até o momento.
PREVENTIVAS - A secretaria de Estado segue com várias frentes de combate contra a doença, promovendo ações preventivas por meio do Setor de Doenças Transmitidas por Vetores, como a capacitação de profissionais para o diagnóstico e manejo clínico da doença.
No mês de maio, os técnicos da Secretaria realizaram capacitação em Irati, Loanda, Paranavaí e Paranaguá. Nesta terça-feira (4) e quarta-feira (5), a capacitação acontece nos municípios de Ivaiporã, Reserva e Tibagi. A Secretaria de Estado também dá apoio às ações de combate desenvolvidas pelas prefeituras.
“Para a população, nossa orientação é para a eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti que se formam em locais e recipientes que acumulam lixo e água parada. Precisamos acabar com os focos que, na maioria das vezes, estão nos quintais e terrenos baldios. Só assim vamos reduzir o registro de casos e óbitos por dengue”, explica a médica veterinária Ivana Belmonte, da Divisão de Vigilância Ambiental da Secretaria da Saúde.
BOLETIM - O boletim semanal registra 12.055 casos confirmados de dengue no Paraná. Na semana anterior foram 9.976 casos. Do total de municípios do Estado, 60 estão em situação de epidemia e 44 estão em estado de alerta. Sete cidades registraram casos autóctones (adquiridos na cidade de residência) pela primeira vez no período: Boa Vista da Aparecida, Formosa do Oeste, Indianópolis, Ângulo, Nossa Senhora das Graças, Santa Inês e Jardim Alegre.
SINTOMAS - A infecção por dengue pode ser assintomática (sem sintomas), leve ou grave. Neste último caso pode levar a óbito. Os sintomas são febre alta acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, náuseas e vômitos. Em alguns casos também apresenta manchas vermelhas na pele.
A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes e sangramento de mucosas. Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados, todos oferecidos de forma integral e gratuita por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).
AEN