Pesquisar

sexta-feira, 29 de maio de 2020

Compra Direta atende 527 famílias de pequenos agricultores no Norte Pioneiro

O Governo do Paraná vai investir mais de R$ 1 milhão na compra de alimentos da agricultura familiar de cooperativas e associações de 13 cidades do Norte Pioneiro. Ao todo, são 527 famílias atendidas na região, confirmou nesta sexta-feira (29) o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), que representa a mesorregião na Assembleia Legislativa.
“O Compra Direta permite que o Estado compre, de forma emergencial, gêneros alimentícios destinados à restaurantes populares, cozinhas comunitárias, bancos de alimentos e hospitais filantrópicos, entre outros”, explica o deputado.
São R$ 20 milhões do Fundo Estadual de Combate à Pobreza no programa, que vai atender a grande variedade de produção da agricultura familiar. “O Compra Direta garante o fornecimento e a substituição de itens em decorrência de problemas climáticos, logísticos ou de sazonalidade e representa um incremento na renda do pequeno produtor rural paranaense”, destaca.
Romanelli lembra que o programa foi adiantado em função da pandemia do coronavírus. E acrescenta: “Serão atendidos também os Cras (centros de referência em assistência social) e os Creas (centros de referência especializados de assistência social), que poderão disponibilizar alimentos na forma de cestas básicas diretamente à população vulnerável”.
Economia — Em todo o Estado, 148 cooperativas e associações da agricultura familiar foram classificadas no programa coordenado pela Secretaria Estadual de Agricultura. No Norte Pioneiro são 13 as entidades classificadas dos municípios de Bandeirantes, Cambará, Ibaiti, Jacarezinho, Japira, Rancho Alegre, Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal, Santo Antônio da Platina, São Jerônimo da Serra, Sertaneja, Siqueira Campos e Wenceslau Braz.
Juntas, essas entidades vão adquirir os produtos de 527 famílias, totalizando mais de R$ 1 milhão de investimentos. São Jerônimo da Serra é a cidade com o maior número de famílias beneficiadas: 71.
Por meio da Cooperativa da Agricultura Familiar de São Jerônimo da Serra, cada família poderá comercializar o valor de até R$ 1.775,24, totalizando R$ 126.042,04 destinados pelo programa.
Já o maior valor agregado, por família, é de Ibaiti. No município, 21 famílias que dependem da agricultura familiar vão fornecer os produtos para a Cooperativa de Produção Orgânica da Agricultura Familiar do Norte do Paraná. O montante destinado ao município é de R$ 357.411,39, o maior dentre todos os 13 da região atendidos pelo Compra Direta.
Mais recursos — O deputado Romanelli lembra ainda que, além dos 13 municípios do Norte Pioneiro, outros quatro que por ele são representados na Assembleia Legislativa também vão receber valores expressivos para incentivar a agricultura familiar.
Moreira Sales, Colombo, Querência do Norte e Rebouças vão receber juntos R$ 2.275.322,50, que vão beneficiar 395 famílias. Destaque para os 145 produtores de Querência do Norte, que juntos vão receber R$ 2.057.529,70 (R$ 14.189,86 para cada família).
Os produtos serão comercializados por meio da Cooperativa de Comercialização e Reforma Agrária Avante. Ao todo, 922 produtores dos 17 municípios citados terão a oportunidade de comercializar R$ 3.310.453,03 por meio do Compra Direta.
“São recursos que garantem a sustentabilidade da agricultura familiar, por meio de um programa que garante a permanência do homem no campo e dá a ele condições de investir na produção, com a qualidade e eficiência de sempre”, disse Romanelli.
De: News Deprima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia